Categorias
Cuidados com idosos Frontpage Article News

Os desafios da obesidade e do sedentarismo

Sentar e levantar de uma cadeira ou andar distâncias curtas. Essas atividades podem parecer bem simples, mas para idosos com obesidade abdominal e fraqueza muscular se tornam um desafio.

Isso é o que aponta um estudo do Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia da Universidade Federal de São Carlos. Quase 4 mil idosos ingleses foram acompanhados por oito anos em pesquisa feita em com uma universidade do Reino Unido.  

Roberta de Oliveira Máximo, uma das pesquisadoras, explicou que o acesso precário ao sistema de saúde, doenças crônicas e sedentarismo podem agravar essa situação. A fisioterapeuta destaca quais os riscos de os idosos não fazerem o acompanhamento médico correto.

De acordo com a Dra. Roberta, todos os idosos têm a tendência, por conta da idade, a perder força muscular. Mas é importante estarem atentos a outros sintomas que limitem suas atividades do dia a dia. Por isso, o ideal é que os idosos sejam acompanhados por um geriatra, que estará atento a estas questões. Mudanças na rotina, como atividades físicas e alimentação balanceada, podem ajudar muito a reduzir a circunferência abdominal e a fraqueza muscular. 

Os autores desta pesquisa acreditam que, mesmo que os idosos avaliados sejam ingleses, esse fenômeno também ocorra em brasileiros com mais de 60 anos, podendo ser ainda pior, já que no Brasil a prevalência de obesidade é maior que na Inglaterra.

Fonte: Agência Brasil